Ano: 2020
Área Total: 5721,42m²
Localização: Icaraí de Amontada, Ceará

Ondulações e corais, foram a inspiração para o Hotel Samaña.

Novas sensações de espaços são experimentadas desde a recepção do Hotel. Lajes paralelas que fazem parte do nosso universo diário (como se fossem também parte do nosso universo natural) são substituídas por estruturas ondulantes.

A paisagem construída possibilita um maior contato com a natureza dos animais que vivem nas areias e águas dos mangues e a ondulação infinita do mar.

Samaña em Aymara significa descanso. É nesse ambiente arquitetonicamente adequado que os sentidos poderão desenvolver novas experiências propícias a uma verdadeira pausa para reabastecer física e psicologicamente o turista que frequenta o belo litoral Cearense.

Experiências se renovam nas “suítes dunas” e “suítes corais”. O andar pelas áreas sociais é sempre cercado de novas experiências: de um piso que passa a ser cobertura a uma piscina que fica a um passo de um olho de água no meio das dunas.

Texturas se misturam à vegetação. Os ventos Alísios se tornam aliados no processo de conforto ambiental, ao mesmo tempo que treliças e painéis de madeira propiciam a proteção quase que imperceptível ao sol e à areia trazida pelos ventos.

Assim como a visão outros sentidos são aguçados: a audição é levada a novas sensações com o suave barulho de pequenas quedas d’água. Novos temperos também encontram seu lugar no restaurante com vista panorâmica sem perder o “pé na areia” mesmo quando alçado a alturas de uma pipa de kite. Ao cheiro constante do mar se juntam ao da flor do cajueiro.

A Nave

Mimetismo arquitetônico