Ano: 2016
Área Total: 1.300m²
Localização: Campos de Jordão

A casa pinhão

Nossa primeira atitude frente ao desafio de projetar uma casa em Campos do Jordão foi de não adotar a ideia de repetir a fórmula de uma arquitetura dos alpes europeus largamente utilizada na região.

Nossa concepção era outra. A ideia de entender o que nos pede a terra, com suas plantas, clima e figuras humanas. Encontramos uma terra rica em artesãos, uma natureza deslumbrante onde domina pinheiros selvagens e principalmente araucárias, e um clima frio e seco exigindo necessariamente proteção e acalanto para os futuros usuários da casa.

Nossa concepção era outra. A ideia de entender o que nos pede a terra, com suas plantas, clima e figuras humanas.

A arquitetura da Araucária

A forma brotou naturalmente como os pinhões que se soltam das pinhas que caem das Araucárias. Forma sinuosa que deixa passar o vento e convida o morador a experiências diversas daquelas do seu dia a dia. Em vez de escadas, rampas. Em vez de corredores, formas esculturais que abraçam as pessoas durante o percurso, modificando a cada passo a experiência sensorial.

A planta elíptica do andar social da casa, que contém ainda uma piscina coberta com SPA, é muito fluida e acabou por definir a volumetria básica da composição. No andar inferior, o de acesso, fica a garagem e a rampa curva de acesso ao andar social que se desenvolve em volta de uma adega. Nos dois últimos níveis estão as quatro principais suítes e um escritório com vista de 180 graus para as montanhas e a floresta de araucárias da região. A cobertura de geometria complexa faz referência ao pinhão característico das araucárias como dito anteriormente.

Os materiais escolhidos: pedras e madeiras funcionaram perfeitamente, propiciando para os moradores o aconchego desejado e para os artesãos de Campos de Jordão uma oportunidade única para desenvolverem seu talento, capacidade e originalidade.

Os grandes vãos proporcionados pela estrutura metálica e pelos vidros (muitos deles curvos) descortinam a bela paisagem e permitem as diferenças enormes de alturas e visadas sempre surpreendentes da casa.

Fotógrafo: Leonardo Finotti
Autores: Ivo Mareines, Rafael Patalano

Escritório Rexam Beverage

Integração e relacionamento