Ano: 2011
Área Total: 2.080m²
Localização: Brasil

Museu do Meio-Ambiente

Concebemos o Museu como uma estrutura viva e regulável tal qual a de uma célula.

Interno externo

O prédio é dividido em três níveis de exposição e um terraço com café /pérgola /belvedere capaz de receber também eventos e recepções. Adotamos o conceito de museu aberto / museu fechado.

O museu fechado é definido por superfícies curvas de vidro, e planos metálicos curvos e retos que agem tanto como estrutura vertical quanto como passagem para instalações. Faceando os fechamentos do museu interno colocaremos duas camadas de tecidos; uma para regulagem da entrada de luz e outra para receber projeções de imagens e vídeos.

Uma cortina opaca e outra translúcida. O museu externo funciona como uma varanda periférica protegida por beirais e planos de tecido arquitetônico pré-tensionados em poliéster reciclável micro perfurado, capaz de receber projeções e retro projeções.

Essa pele funciona como uma membrana permeável e regulatória de suas atividades vitais.

Essa micro perfuração garante uma livre circulação do ar ao mesmo tempo que impede a entrada da chuva. Essa pele funciona como uma membrana permeável e regulatória de suas atividades vitais. Dessa forma o museu é capaz de trocar de roupa conforme as condições climáticas e abrir ou fechar os olhos quando quiser. No meio sub-solo há ainda uma uma sala escura linear de caráter introspectivo.

Autores: Ivo Mareines e Rafael Patalano

Casa Alphavillhe

Lazer nas alturas